Ação de recolha Goiot

Esta notificação destina-se apenas a catamarãs construídos entre os anos 2007 e 2019 e equipados com as escotilhas fixas de emergência da marca Goiot.

21 de novembro de 2023

Estarmos constantemente focados na fiabilidade e segurança dos nossos clientes durante a construção dos nossos barcos é a uma das maiores prioridades da LAGOON e sentimos que é importante relembrar a recolha de produtos Goiot.

As normas de segurança aplicáveis aos catamarãs obrigam-nos a equipar os nossos barcos com saídas de emergência para o caso de o barco virar. É por este motivo que os catamarãs são produzidos com escotilhas de emergência sob o convés.

Desde 2007, instalamos escotilhas fixas da marca GOIOT, feitas com vidro de “segurança” colado a uma estrutura de alumínio e aparafusado ao casco. Caso o barco vire, a escotilha em vidro deve ser partida possibilitando a evacuação da tripulação.

Contudo, desde que começámos a equipar os nossos catamarãs com estes produtos, deparámo-nos com alguns casos raros de separação do vidro da respetiva estrutura em alumínio, causando a entrada de água no barco O que permitiu concluir que estas escotilhas de emergência não possuíam um dispositivo de segurança, caso se desprendessem da estrutura.

ESTA NOTIFICAÇÃO DESTINA-SE APENAS A CATAMARÃS CONSTRUÍDOS ENTRE OS ANOS 2007 E 2019 E EQUIPADOS COM AS ESCOTILHAS FIXAS DE EMERGÊNCIA DA MARCA GOIOT.
O que deve fazer, caso ainda não o tenha feito: contacte-nos!

Em colaboração com o seu fornecedor GOIOT a LAGOON concebeu peças de retenção para fixar facilmente estas escotilhas de emergência, evitando que o vidro caia, caso se desprenda.
A LAGOON organizou uma equipa técnica que está pronta para colaborar consigo na organização da instalação (sem qualquer custo para o cliente) destas peças de fixação que podem ser colocadas no seu barco.
Esta equipa pode ser contactada através do seguinte endereço de e-mail: lagoon19009@cnb.fr

Em cada mensagem de e-mail que nos enviar, indique o tipo de barco e o número de série de identificação, nome do vendedor onde adquiriu o barco e/ou o nome do estaleiro de manutenção do seu barco.

Este problema com produtos específicos Goiot é comum a diversos fabricantes de catamarãs, que fizeram uma comunicação pública conjunta, a 6 de fevereiro de 2020 (consulte, em anexo, a comunicação pública).

À semelhança do que temos feito desde essa data, sentimos que é importante repetir (uma e outra vez) que esta ação de recolha é um assunto de segurança importante que deve ser considerado de forma séria.

Agradecemos antecipadamente a sua atenção e, no caso de o seu barco ter sido vendido a terceiros, solicitamos que nos comunique os seus nomes e moradas enviando um e-mail para o endereço:lagoon19009@cnb.fr, para que nos possamos certificar de que também recebem esta comunicação.